Tuesday, May 31, 2011

Está quase, Sócras ...

Olha a boquinha, pá....


Olha lá esta boquinha...

Era para por homens não era ? Ele é homem não é ?

Se isto fosse na rua, ele chegava aqui e dizia;
"Traz lá as tuas irmãs e eu já te digo se sou homem ou não, ó cabrão ( eu )."
E eu, chamava o Fanã, e era porrada no gajo, e filmávamos. Não colocávamos era no Youtube, o Marinho Pinto podia ficar aborrecido.
Aguardemos.

Consulta ao público feminino

Caras leitoras d'O Dono da Loja é o momento de vocês opinarem!

Como foi visível Fernando Pobre esmagou um post sobre homens portugueses bonitos que tanto trabalho me deu a elaborar, e não esmagou por um motivo sólido e bem sustentado apenas porque lhe deu para ali.

Por isso venho por este meio dizer caras leitoras que vocês têm agora a oportunidade de dizer que homens portugueses bonitos vocês querem ver no próximo post.

E então quem são eles?

Comunicado da Direcção do Dono da Loja

Uma arreliadora avaria no Blogger fez com que o post anterior, em vez de ser publicado no blog da sua autora (www.somosmesmoumasgandasmalucas.blogspot.com) tenha surgido no nosso respeitável blog. Embora alheios às causas deste problema informático, apresentamos sinceras desculpas aos nossos leitores.

A nossa equipa técnica está a trabalhar na resolução dos problemas, mas neste momento não é possível garantir que nenhum dos próximos posts que serão publicados no referido blog, num registo semelhante ao que foi agora publicado no nosso blog ("O meu marido propôs-me fazer swing, eu disse que preferia fazer rock e apanhei uma galheta sem saber porquê", "10 dicas para afagares discretamente os testículos do teu namorado numa fila de transito sem ninguém dar por isso" e "O meu companheiro insiste em fazer sexo anal mas eu estive a medir e acho que não cabe"), venha a ser divulgado aqui na Loja.

A Direcção da Loja encontra-se a avaliar os danos causados com a publicação do último post e reclamará o pagamento da devida indemnização.

Monday, May 30, 2011

15 motivos para não votar no Sócrates

Chegou-me por e-mail e creio que vale a pena partilhar...

Por uma parte ainda significativa dos Portugueses existe uma avaliação demasiado benevolente, e por isso tentando contrariar esse facto, e com base em artigos publicados este ano, decidi compilar 15 razões para não se votar em Sócrates a 5 de Junho, consubstanciadas em 150 opiniões de diversas personalidades (em anexo).

1 - Sócrates conduziu uma política económica e orçamental errada, que conduziu o país à iminência da bancarrota e ao facto de vir a ser o único país em recessão no mundo em 2012. (17 opiniões);

2 – Existirem actualmente em Portugal valores históricos relativos ao crescimento económico, à dívida pública, à dívida externa e às PPP. (6);

3 – Sócrates, ao contrário do que apregoa, não é defensor do estado social, nem da criação de emprego, nem da educação, nem de justiça social ou inter-geracional (7);

4 – O chumbo do PEC IV foi melhor para o país porque este não era a “salvação” como Sócrates prometia, mas somente a continuação de políticas erradas e da falta de confiança dos mercados em Portugal. E também não foi por causa desse chumbo que Portugal teve de pedir ajuda externa, porque a incapacidade de Portugal honrar os seus compromissos (falta de dinheiro) não iria ser resolvida pelo PEC IV. (13);

5 - Ao contrário do que Sócrates não se cansa de repetir, a crise internacional não é justificação para a situação única que Portugal vive, a nível mundial. (5);

6 – Ao negar a ajuda externa ainda em 2010, Sócrates não defendeu Portugal mas, ao contrário, fez com que tivéssemos, desde então, de pagar juros cada vez mais altos pela dívida externa, víssemos a economia a estagnar e fizéssemos o pedido inevitável 6 meses mais tarde em condições muito mais desfavoráveis. (13);

7 – Sócrates e o PS não têm actualmente um programa político credível. (10);

8 – Sócrates tem uma personalidade demasiado autoritária sendo incapaz de estabelecer diálogo com os outros partidos e mesmo com o seu próprio partido e governo. (15);

9 – Sócrates “secou” o PS, sendo este o contrário do grande partido que já foi. O PS é cada vez mais a sigla de Partido do Sócrates e cada vez menos a de Partido Socialista. (5);

10 – Sócrates, se ganhasse as eleições, não conseguiria formar governo com nenhum outro partido e iria destruir a última hipótese de recuperação de Portugal. (5);

11 – Sócrates é efectivamente um mentiroso compulsivo. (13);

12 – Sócrates, e os seus correligionários, manipulam a informação conforme a sua melhor conveniência. (14);

13 – Sócrates usa a comunicação Social para passar uma imagem falaciosa de si e do país. (13);

14 – Sócrates, e o seu aparelho, praticam um “terrorismo político” atribuindo aos seus adversários políticos ideias falsas ou deturpadas e ocultando as verdades comprometedoras. (8);

15 – A falta de carácter de José Sócrates, por si só, é a melhor razão para não ser eleito como primeiro-ministro de Portugal. (6).

E mamas?


Este blog perdeu claramente a réstia de masculinidade que tinha. Longe de ser pela minha entrada, sim que eu tenho mais bigode que a F&F LDA aqui do tasco.

Política?
Assuntos sérios?

Mas está tudo parvo ou andaram a fumar alguma coisa e não me convidaram? O que é que isso interessa? E o que anima o povo? E as mamas pá? ninguém fala nelas nem mete fotos? E gajas boas, também não? Anda tudo enjoado?

Vou postar pró outro lado. Cambada de pussys.

Dois coros

Em primeiro lugar, uma brincadeira: o hino da Champions traduzido - http://www.youtube.com/watch?v=G4wFC568rD4

Agora mais a sério. o Prof. Marcelo falou ontem nisto. É a manifestação politica mais bonita que alguma vez vi (para quem goste de ópera, claro).

Segundo roubei de outro blog, o enredo é o seguinte:

"A ópera Nabucco, de Verdi, narra a destruição do Primeiro Templo e a escravidão dos judeus na Babilônia. O coral “va pensiero” é conhecido como o "Coro dos Escravos Hebreus," no qual os escravos Hebreus lamentam a sua situação e sentem saudades da sua pátria natal, Israel.
Na época que Verdi compôs esta ópera, o norte da Itália era ocupado pela Áustria, e esta música acabou tornando-se música-símbolo do nacionalismo italiano da época.
Riccardo Muti, regente do La Scala da Milão, conduziu um concerto na Casa da Opera em Roma, apresentando o coral “va pensiero.” A final, durante os aplausos, o maestro Muti respondeu a um grito de Viva a Itália, lamentando da falta de apoio à cultura italiana. Ele diz que se as coisas não mudarem, a Itália vai perder a sua grande vida cultural. E aí, ele convida o público a cantar a música com o coral. Emocionante. Parece que os escravos de Roma estão preocupados com o futuro do seu país.

São 14 minutos sublimes. Adoraria ter lá estado:

Marinho Pinto strikes again.

"Estou estupefacto. É terrível. Isto é um sistema judicial da Idade Média"
by Marinho Pinto.

Coitada da moça e do moço. Então a moça espanca outra miúda, ainda por cima mais nova, e não merece ir de cana ? Então o moço filma, não ajuda, ainda goza por cima, os comentários do gajo são do pior, e não merece ir de cana ?
Quer dizer, eu até o compreendo, se compararmos com outras medidas de coacção a outros casos semelhantes. Falta alguma coerência aos Juízes. Seja como for, não me parece que estas declarações fiquem bem ao Bastonário dos Advogados.

140 mil euros de carro (no mínimo)

O Sr. Sócrates desloca-se num carro destes carros (MERCEDES SÉRIE S 350 - o TOPO DE GAMA DA MERCEDES), novo em folha, na sua campanha eleitoral:


Trata-se de um carro de super luxo, que 99.9% dos portugueses nunca poderão ter, a menos que passem a vida toda sem comer. Aliás, os portugueses nem nunca sentarão o cú num.

Imaginem que trabalham numa fábrica e que cada trabalhador tem uma acção que lhe confere um direito de voto para a administração. A empresa tem salários em atraso, vários colaboradores foram despedidos, alguns ordenados foram reduzidos, muitos trabalhadores têm fome, já quase ninguém empresta dinheiro à empresa, está, enfim, à beira da falência. No domingo que vem vão haver eleições para a administração.

Uns dias antes das eleições um dos administradores "aparece" com um Porsche novinho, último modelo. Votas nele ?

Sócrates, não devias ser um pouco menos ostensivo e não exibir tanta riqueza num país falido ?

Não podias andar num carro mais modesto ?

Sabes que Ângela Merkl nem ao serviço do Estado utiliza uma bomba destas ?

Mais duas questões:

- Quem é que, de há umas semanas para cá, anda a governar esta merda ?

- De quem é a limousine ?

Pode ser do Estado (o tipo não devia andar a fazer campanha num carro do Estado, mas dele espera-se tudo …), pode ser do PS (o que é fantástico) ou então do próprio Sócrates.

Em qualquer dos casos, só tenho uma certeza: fomos nós que o pagámos. O avião que aparece lá no filminho supra é nosso. Pela parte que me toca, preferia que o dinheiro tivesse sido gasto na construção de uma creche, mas eu sou um chato.

Sunday, May 29, 2011

Estou preocupada

Vamos supor que o PSD ganha as eleições de hoje a oito dias.

Eles querem reduzir o número de deputados no Parlamento. E isto é manifestamente grave. Porque os que lá sentarem os gluteos vão estar muito, muito, muito baralhados. "E agora pá? Ponho no mural do meu Facebook que estou sentado do lugar que era do Y ou tomo atenção ao que aquele gajo ali mais acima está a dizer? Ou deverei colocar esta mina dúvida no MSN??".

É uma situação complicada que divide valores fundamentais de qualquer pessoa. De qualquer forma podem sempre adicionar um deputado como amigo no Facebook e gabaram-se em conversas de café de tal feito (mesmo que nunca tenham com o sr. deputado).

Querem um primeiro ministro que faz estas figuras e é (compreensivelmente) alvo de chacota ?

Saturday, May 28, 2011

Friday, May 27, 2011

Estes já estão em grande.


Estão aqui há mais de 1h a treinar e têm um grande som.

No you can't

FESTA, Fernando Pobre, FESTA.


Mi liga vai...

Open Day.


Hoje à noite. LX FACTORY.
Fun for all.

E vocês?

Imaginem que tinham 10 minutos para falar com cada candidato a estas eleições: o que gostariam de perguntar ou apenas dizer? Vá... Fazer...

Atenção que não tem de ser necessariamente para criticar e apontar defeitos. Há algum político que vocês gostem? Qual?

Vota Sócrates

Excerto do debate na TVI entre Paulo Portas e José Sócrates.

Paulo Portas: "O sr. disse que nunca seria primeiro-ministro com o FMI."

José Sócrates: "Não foi isso que eu disse. O que eu disse é que não estava disponível para ser primeiro-ministro com o FMI."

Judite de Sousa: "Não é a mesma coisa?"

José Sócrates: "Não. É diferente."

Sentes-te atraído por mentirosos convulsivos ? Vota Sócrates !

Acreditas que é possível acabar um curso superior num domingo ? Vota Sócrates !

Estás desempregado e achas porreiro porque tens mais tempo para ir à praia ? Vota Sócrates !

Estás empregado mas queres ir rapidamente para o desemprego para teres mais tempo para ir à praia ? Vota Sócrates !

Gostas da comida do Banco Alimentar ? Vota Sócrates !

És funcionário público, reduziram-te o ordenado mas não te importas desde que o teu dinheiro tenha sido usado para comprar rádios para helicópteros ? Vota Sócrates !

És professor e sentes-te motivado por ter que reduzir 30% de despesas na escola, se calhar com uma nova redução do teu salário ? Vota Sócrates !

Achas que é possível comprar dois andares de luxo com o ordenado de secretário de estado ? Vota Sócrates !

És polícia, não tens papel higiénico na esquadra mas achas o novo Mercedes S 350 do Primeiro Ministro "muita giro" ? Vota Sócrates !

Reduziram-te a reforma para pagar facturas à Mota-Engil e não vês mal nenhum nisso ? Vota Sócrates !

Consideras que, por exemplo, o Coelho, o Vara, o Santos Silva, o Ricardo Rodrigues, a Inês de Medeiros (a tal das viagens de avião) e o Rui Pedro Soares são tipos honestos ? Vota Sócrates !

Tens uma acção em tribunal há dez anos e achas que se demora é porque vai ser bem julgada ? Vota Sócrates !

Achas muito bem que os ricos nunca vão presos em Portugal (diz lá um que tenha ido …) ? Vota Sócrates !

Fecharam o teu centro de saúde mas achas que era mesmo preciso porque tinhas que ajudar a pagar o prejuízo do BPN ? Vota Sócrates !

Estás completamente teso mas achas que o dinheiro não trás felicidade ? Vota Sócrates !

Também gostavas de ser amigo do Kadafi e do Chávez, que para ti são modelos de democratas ? Vota Sócrates !

És militar, trabalhas no metro ou na Transtejo e excitas-te com o facto de não saberes se no final do mês vais receber o ordenado ? Vota Sócrates !

O Rui Pedro Soares e os outros boys do PS são um modelo de virtudes para ti ? Vota Sócrates !

Tens o salário em atraso e achas que a culpa é de quem chumbou o PEC IV ? Vota Sócrates !

Achas que o processo de compra de milhares de computadores Magalhães foi transparente ? Vota Sócrates !

O banco vai-te ficar com a casa mas a ideia de ires morar para um parque de campismo não te apoquenta ? Vota Sócrates !

Tiraste o Novas Oportunidades mas ainda não sabes o que é que te ensinaram ? Vota Sócrates !

Tens fome mas não te importas desde que daqui a uns tempos possas dar uma voltinha no TGV até Caia ? Vota Sócrates !

Vives de caridade mas cagas nisso desde que estejas a ajudar a construir o novo aeroporto ? Vota Sócrates !

Achas bem que se prendam as pessoas que se manifestam contra o Sócrates ? Vota nele.

Thursday, May 26, 2011

Perdoa-lhes Senhor que eles não sabem o que fazem

O país anda chocado com o vídeo da adolescente que foi violentamente agredida enquanto um marmelo filmava e ria com outro. Isto não é novidade. E quem nunca presenciou isto já ouviu histórias semelhantes.

Alguns estão a colocar o epicentro da questão na escola. Certo, a escola não deve deixar os alunos saírem da escola só porque sim. Então e os pais? Não têm responsabilidade em relação aos filhos ou é só colocá-los no mundo e esperar que a sociedade os crie? E depois colocam a mão no peito e juram a pés juntos que os filhos são uns anjos?

Afinal o que faz cada um para evitar situações destas em casa visando formar pessoas estruturadas?

Colocar filhos no mundo qualquer um o faz, e nota-se, ter a capacidade de cuidar e formá-los é outra conversa bem diferente.

A agressão é a prova que o lado biológico está sempre presente. Assistir sem socorrer? É sádico e de um profundo desprezo. Agora venham dizer que os meninos coitadinhos não sabem o que fazem.

Choque maior será que isto provavelmente acaba em águas de bacalhau, os putos até se vangloriam porque foram falados na TV e vão aprender uma coisa: na próxima agressão até podem filmar mas não mostram o vídeo ao mundo.

Dualidade de critérios

Se eu for apanhada a cheirar (entenda-se snifar droga) sou chamada de drogada e com sorte ainda me levam presa até eu contar onde arranjei o produto. Porém, contudo, todavia e não obstante... Se um cão no aeroporto cheirar droga é um herói.

Afinal em que ficamos, pá?

Esta noite tive um pesadelo

Estava em casa e tocou o telefone.

"Boa noite, daqui fala da Largo do Rato – Sondagens Independentes, S.A.. Estamos a fazer uma sondagem para a RTP e gostaríamos de saber o seu sentido de voto. Podemos contar com a sua colaboração ?"

"Sim, claro", respondi. "Façam as perguntas que quiserem".

"Muito bem, a pergunta é só uma: qual dos seguintes partidos ou políticos gostaria que viesse a formar governo na sequência das eleições de 5 de Junho ?

1ª hipótese – O Partido Socialista

2ª hipótese – O PS

3ª hipótese – O Sr. Eng. José Sócrates

4ª hipótese – O Primeiro Ministro demissionário

5ª hipótese – Secretário-Geral do Partido Socialista

Qual escolhe ?"

Acordei em pânico.

Surge um novo partido: PTDB

Um partido repleto de singularidades surge no panorama nacional, começando logo pelo facto de ter não um e sim dois candidatos a Primeiro Ministro.

Falo-vos do PTDB: Partido Tudo De Bom. Os candidatos são o Francis e o Fernando Pobre, que partilham o mesmo slogan: "Por Portugal eu voto em mim!".

Pontos a reter...

- Prometem acabar os jobs for the boys e criar os jobs for the girls.
- Recuperar a agricultura do país colocando tudo o que seja desempregado, sem-abrigo e sujeito ilegal no nosso país de enxada na mão a cultivar o nosso Portugal. Quem souber nadar vai para as pescas.
- É nas forças policiais que se encontra a maior inovação. Pretendem colocar os mais eloquentes infractores da lei como consultores das forças policiais, estando prevista a existência de acções de formação às mesmas com o intuito de conhecerem por dentro os meandros da mente e acção criminosa, tornando as forças de autoridade mais eficientes.
- Erradicar o uso do penico.
- Promover as vantagens da ceroula.
- Na pasta da saúde está garantida a entrega de um kit de primeiros socorros a cada português.
- Garantem que com eles as cadeiras dos políticos serão todas forradas com o material das frigideiras Tefal, ou seja, serão cadeiras anti-aderentes para uma melhor remoção e limpeza dos ocupantes.

Troika? Francis já disse no comício de ontem: " Eu gramo a Troika, levei o meu Cláudio ao jantar que tive com os gajos e correu muito bem. O meu Cláudio foi a estrela do encontro e deixou-me sem palavras ao usar a pochete e a estola em pele de raposa albina que lhe dei no Natal. Foi o meu orgulho, foda-se!"

Mais parco nas palavras, Fernando Pobre silenciou o público com: "O meu nome é Fernando FMI de BCE e Troika Pobre".

Quando questionados acerca de uma eventual coligação, asseguram: "Só nos coligamos um ao outro!".

Dia 5 de Junho vote Partido Tudo De Bom, porque quem dá o que tem a mais não é obrigado!

Wednesday, May 25, 2011

Para variar

Adeus mãezinha vou partir...


Vou bazar para longe, longe das agruras desta vida, deste país.
Tudo parecia ser um sonho, tudo era bonito, tínhamos o mar, tínhamos Sol, tínhamos gajas boas em Ermesinde, tínhamos o Eusébio, Peyroteo e o Pavão. Depois veio o Pinto da Costa e o Sócrates e foderam tudo. Os benfiquistas ficaram desnorteados, o Sócrates amuou porque lhe tiraram o brinquedo que ele tinha estragado, e nós, bem nós fomos vendidos ao Brasil e a Timor. Angola também queria mas já não vieram a tempo. No último momento conseguimos desanexar a Madeira e o Jardim vendeu aquilo às metades. As metades dos arredores vendeu a uns padres belgas e ingleses. As metades boas vendeu a um grupo de investimento que ainda não se sabe de quem é. Suspeita-se de Cristiano Ronaldo, Jorge Mendes e Putin. Também os Açores cosneguiram a independência e anexaram-se, por maioria de votos, ao Massachussets.

Vou só mamar o resto da garrafa e vou indo para o aeroporto.
Adeus.

DSK - A teoria da conspiração contra o ex- senhor FMI

Dominique Strauss Kahn foi vítima de uma conspiração construída ao mais alto nível por se ter tornado uma ameaça crescente aos grandes grupos financeiros mundiais. As suas recentes declarações como a necessidade de regular os mercados e as taxas de transacções financeiras, assim como uma distribuição mais equitativa da riqueza, assustaram os que manipulam, especulam e mandam na economia mundial.


Não vale a pena pronunciar-nos sobre a culpa ou inocência pelo crime sexual de que Dominique Strauss Kahn é acusado, os media já o lincharam. De qualquer maneira este caso criminal parece demasiado bem orquestrado para ser verdadeiro, as incongruências são muitas e é difícil acreditar nesta história.


O que interessa aqui salientar é: quem beneficia com a saída de cena de Strauss Kahn?


Convém lembrar que quando em 2007 ele foi designado para ser o patrão do FMI, foi eleito pelo o grupo do clube Bilderberg, do qual faz parte. Na altura, ele não representava qualquer "perigo" para as elites económicas e financeiras mundiais com as quais partilhava as mesmas ideias.


Em 2008, surge a crise financeira mundial e com ela, passados alguns meses, as vozes criticas quanto à culpa da banca mundial e à ao papel permissivo e até colaborante do governo norte-americano. Pouco a pouco, o director do FMI começou a demarcar-se da política seguida pelos seus antecessores e do domínio que os Estados Unidos sempre tiveram no seio da organização.


Ainda no início deste mês, passou despercebido nos media o discurso de Dominique Strauss Kahn. Ele estava agora bem longe do que sempre foi a orientação do FMI. Progressivamente o FMI estava a abandonar parte das suas grandes linhas de orientação: o controlo dos capitais e a flexibilização do emprego. A liberalização das finanças, dos capitais e dos mercados era cada vez mais, aos olhos de Strauss Kahn, a responsável pela proliferação da crise "made in America".


O patrão do FMI mostrava agora nos seus discursos uma via mais "suave" de "ajuda" financeira aos países que dela necessitavam, permitia um desemprego menor e um consumo sustentado, e que portanto não seria necessário recorrer às privatizações desenfreadas que só atrasavam a retoma económica. Claro que os banqueiros mundiais não viam com bons olhos esta mudança, achavam que esta tudo bem como sempre tinha estado, a saber: que a política seguida até então pelo FMI tinha tido os resultados esperados, isto é os lucros dos grandes grupos financeiros estavam garantidos.


Esta reviravolta era bem-vinda para economistas progressistas como Joseph Stiglitz que num recente discurso no Brooklings Institution, poderá ter dado a sentença de morte ao elogiar o trabalho do seu amigo Dominique Strauss Kahn. Nessa reunião Strauss Kahn concluiu dizendo: "Afinal, o emprego e a justiça são as bases da estabilidade e da prosperidade económica, de uma política de estabilidade e da paz. Isto são as bases do mandato do FMI. Esta é a base do nosso programa".


Era impensável o poder financeiro mundial aceitarum tal discurso, o FMI não podia transformar-se numa organização distribuidora de riqueza. Dominique Strauss Kahn tinha-se tornado num problema.


Recentemente tinha declarado: "Ainda só fizemos metade do caminho. temos que reforçar o controlo dos mercados pelos Estados, as políticas globais devem produzir uma melhor distribuição dos rendimentos, os bancos centrais devem limitar a expansão demasiado rápida dos créditos e dos preços imobiliários Progressivamente deve existir um regresso dos mercados ao estado".


A semana passada, Dominique Strauss Kahn, na George Washington University, foi mais longe nas suas declarações: "A mundialização conseguiu muitos resultados...mas ela também um lado sombrio: o fosso cavado entre os ricos e os pobres. Parece evidente que temos que criar uma nova forma de mundialização para impedir que a "mão invisível" dos mercados se torne num "punho invisível".


Dominique Strauss Kahn assinou aqui a sua sentença de morte, pisou a alinha vermelha, por isso foi armadilhado e esmagado.



É o que circula pelos e-mails, verdade ou não? Cada um acredita no que quer, da minha parte gosto de ver o maior número possível de ângulos das questões. Manias.

A mentira do curso que não tem

"José Sócrates Carvalho Pinto de Sousa, 1º ministro desta república, tem um bacharelato em Engenharia Civil pelo ISEC (Instituto Superior de Engenharia de Coimbra), informação que não é contestada. Porém, na sua biografia oficial é dito que Sócrates Pinto de Sousa é “Licenciado em Engenharia Civil”. No perfil que foi publicado no Diário de Notícias, por Filipe Santos Costa, é dito que “…quando voltou à Covilhã, em 1981, Sócrates já tinha complementado o bacharelato com a licenciatura, em Lisboa”. Mas a licenciatura que existia em Lisboa nessa altura (1979-81) era no Instituto Superior Técnico, onde Sócrates não consta como aluno.
Por isso, em 1981 Sócrates não estaria licenciado por Lisboa. Onde foi que se licenciou? Teria sido no ISEL (Instituto Superior de Engenharia de Lisboa) do Instituto Politécnico de Lisboa? É que aí a Licenciatura Bi-Etápica em Engenharia Civil só começou em 1998/99… No ISEC onde fez o bacharelato? Mas a licenciatura bietápica em Engenharia Civil no ISEC também só começou em 1998/99. Também não frequentou a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, nem o Instituto Superior Técnico, nem consta que tenha frequentado a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Portanto, não seria licenciado em 1981. Na
Ordem dos Engenheiros também não está inscrito. O bacharelato em Engenharia Civil do ISEC tinha quatro anos (8 semestres) – só passou a três anos na reestruturação de 1988 (Decreto-Lei nº389/88, de 25 de Outubro) empreendida por Roberto Carneiro. Onde fez Sócrates a dezena e meia de cadeiras (veja-se o plano do 5.º ano da licenciatura no ISEL) que precisava com o bacharelato do ISEC para obter a licenciatura? Os Cursos de Estudos Superiores Especializados (4 semestres) só começaram no ISEC em 1991 e no ISEL em 1988 (Direcção, Gestão e Execução de Obras – 4 semestres) e 1990 (Transportes e Vias de Comunicação – 4 semestres). Além disso, um CESE não é uma licenciatura. Por isso, esta hipótese não parece plausível. Não é.
Não consta que Sócrates tenha frequentado a licenciatura bi-etápica do ISEL ou do ISEC. Mas Sócrates afirma ainda que “concluiu depois uma pós-graduação em Engenharia Sanitária pela Escola Nacional de Saúde Pública” (ENSP). Todavia, o curso de Engenharia Sanitária é leccionado desde 1975 na Universidade Nova de Lisboa, pertencendo, desde a criação das faculdades da Nova, à sua Faculdade de Ciências e Tecnologia, primeiro sob a forma de curso de especialização e a partir de 1983 como mestrado. Exige a licenciatura como condição de admissão. Nunca pertenceu à Escola Nacional de Saúde Pública (que em Abril de 1994 foi integrada na Universidade Nova de Lisboa). Mas Sócrates não foi aluno desse curso de Engenharia Sanitária da
Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (que foi criado em 1975) – nem ele o diz, pois refere expressamente que a sua “pós-graduação” foi na ENSP. Então, que curso de Engenharia Sanitária fez? Chamar-se-ia mesmo “pós-graduação”? Ou seria um curso de curta duração na ENSP? E em que ano decorreu? Sócrates já seria licenciado quando frequentou essa “pós-graduação”? O que parece verdadeiro é que José Sócrates Pinto de Sousa terá obtido em 1996 uma licenciatura em Engenharia Civil pela Universidade Independente !!!!! Que equivalências lhe foram atribuídas e quantas cadeiras teve de frequentar e concluir ??? Se compararmos os planos dos dois cursos – o bacharelato do Politécnico de Coimbra e a licenciatura da
Universidade Independente -, e as respectivas disciplinas, chegamos à conclusão de que um candidato com o bacharelato do ISEC precisa de fazer 10 cadeiras (existem algumas disciplinas do curso na Universidade Independente que não têm correspondência no curso de Coimbra) e mais uma de Projecto para se licenciar na
Universidade Independente de Lisboa. Não deve ter sido fácil, tendo em conta que Sócrates teria concluído o bacharelato em 1979. A Licenciatura em Engenharia Civil na Universidade Independente foi criada pela Portaria n.º 496/95 de 24 de Maio de 1995, embora o diploma tenha, retroactivamente, autorizado o funcionamento do curso desde o ano lectivo de 1994/95. Ora, o primeiro governo de António Guterres (o 13.º
Governo Constitucional) toma posse em 28 de Outubro de 1995 e José Sócrates é ministro-adjunto do primeiro-ministro. Nessa desgastante função, José Sócrates parece ter encontrado tempo e concentração, na mesma altura em que prepara e participa na campanha eleitoral durante o ano de 1995 e, já no Governo, adjuva o primeiro-ministro e coordena as secretarias de Estado da Comunicação Social, Desporto e Juventude, para, quinze anos depois do seu bacharelato, realizar as 11 cadeiras que, em princípio, teve de efectuar para obter o título de licenciado em Engenharia Civil em 1996. Deve ter sido muito difícil, um esforço quase sobre-humano.

Não há motivo algum para que Sócrates tenha escondido do povo português a sua epopeia académica, a não ser por modéstia, o que, neste caso, não se justifica. É um motivo de grande orgulho próprio e um exemplo de sucesso para jovens e adultos. Enfim, não é de admirar a surpresa do engenheiro sanitário Pinto de Sousa perante a realidade técnica dos finlandeses."

Fernando Sobral in “Jornal de Negócios” de 7 de Março de 2006

Cavaco, vocessemecê não conhece o calendário da Selecção Nacional?

Diz-se que as eleições legislativas são a 5 de Junho do corrente ano. Ora no dia anterior joga a Selecção Nacional de futebol em mais um jogo de apuramento. Calma, Paulo Bento já votou antecipadamente!

De qualquer forma há aqui um conflito: resultado do jogo vs. vontade de ir votar.

A) Portugal vence o jogo - "Somos os maiores pá! O caneco é nosso!". Ninguém se vai recordar que no dia seguinte existe o apelo da urna... "Era hoje? Não podia pá! Fartei-me de saltar durante o jogo e depois em cima da Cacilda, hoje não tinha forças pra isso!".

B) Portugal sai derrotado da partida - "Porra, que foi aquilo?". O país pára e deprime. Ora os depressivos criam alergias ao banho e sobretudo ao mundo exterior, logo, não vão sair de casa portanto não há voto para ninguém.

C) Portugal empata - "5 de Junho? Estou batido na urna, sim senhora! Faz nesse dia três anos que a senhora minha sogra quinou e vou à urna dela agradecer estes três anos de felicidade!".

Se o Sócras ganhar a culpa é do Cavaco que não anda atento ao calendário da Selecção Nacional.

Deus escreve certo por linhas tortas



A Merkel que gosta de opinar sobre as férias dos outros leva agora uma lição de vida: não é preciso trabalhar muito, basta ser-se eficiente durante o horário laboral. Prova disso é o vulcão Da Islândia que só trabalha quando quer e já atordoou alguns aeroportos alemães.

Como dizem os brasileiros, tamanho não é documento.


ps; com a tua licença...as fotos do mother fucker volcano. estamos cá para ajudar...

Agora é que é

"Daqui para a frente bamos lutar para ganhar. O Sporting debe lutar para ganhar sempre. O Sporting debe lutar pelo 1.º lugar. Conto cum bocês para ganhar.

As pessoas estão a travalhar para que o Sporting tenha uma equipa forte. Bamos crescer e queremos ganhar.

Bamos ganhar !"


Estamos feitos.

Tuesday, May 24, 2011

Já viram isto ?

Há coisas que são tão evidentes que até chateiam...

O ministro da Defesa, o sempre execrável Augusto Santos Silva, acaba de autorizar a adjudicação directa (sem concurso), por nove milhões de euros, à empresa Selex, da compra do equipamento de comunicações e rádio dos nos novos helicópteros NH90 destinados ao exército português. O despacho foi publicado ontem em Diário da República, mas tem data de Janeiro deste ano.

A "justificar" esta adjudicação directa, o Ministro apontou as seguintes "razões":

(i) "premissas relativas à interoperabilidade com os sistemas de comunicações existentes". Desculpe, importa-se de repetir ?

(ii) De forma a "se dispor de um sistema integrado e coerente". Ah, sim, tá bem.

(iii) "Considerando que os sistemas qualificados para configuração adoptada como nacional são exclusivamente fabricados e fornecidos pela firma Selex Communications". Devemos estar a falar, portanto, daquilo.

Contactado pelos jornais, Ministério da Defesa não se pronunciou sobre esta adjudicação directa à empresa em vez de concurso. Claro, têm lá alguma coisa que dar explicações. O dinheiro é deles e se querem gastar NOVE MILHÕES DE EUROS ao vendedor das telefonias ou lá o que é para os brinquedos novos nós não temos nada a ver com isso.


Só para ilustrar o post do Francis e cumprir a minha promessa diária

Assim de repente sou gajo para me lembrar de um caso ou outro...

Relatório do Departamento de Estado norte-americano considera Portugal como um país preocupante ao nível do crime de "lavagem de dinheiro".

Lembro-me, por exemplo, de um apartamento comprado na Rua Castilho, alegadamente por um off-shore onde foram depositados uns dinheirinhos bem lavadinhos de uns ingleses, que queriam fazer umas coisas ali para Alcochete. Infelizmente, e por azar certamente, a escritura dessa casa desapareceu e não se sabe de quem é. Quem paga o condomínio ? É a off-shore ? Quem ?

Monday, May 23, 2011

Penico: a palavra mais usada do dicionário português


O penico é um objecto que pelo seu estatuto e carinho no seio da nação portuguesa já merecia um post.

Certas vezes acondicionado debaixo da cama ou por detrás de uma portinhola na mesa-de-cabeceira, objecto este que na falta do carinho e cuidado humano se transforma em habitáculo gentil para centopeias e aranhiços.

O penico foi também objecto de arte, basta ver que algumas rainhas portuguesas tinham penicos em porcelana que faziam qualquer terrina da sopa rachar de inveja.

Ainda acham que o penico não tem valor? O penico é aquele objecto onde vocês podem colocar os fundilhos do vosso ser sabendo que aquele momento íntimo ficará para sempre entre vocês e o penico, somente. O penico é portanto sinónimo de altruísmo. Porquê? Porque ele está ali para vosso alivio e bem-estar recebendo o que vocês têm para lhe oferecer sem exigir nada em troca. Nem um telefonema, um sms, uma carta ou uma flor roubada a um canteiro. Podem e usar e abusar dele que ele estará sempre ali para esperando por vocês procurando servi-vos sem questionar nada.

Obviamente que dependendo da área em que cada um exerce a sua função a palavra penico adquire novos sinónimos, vejamos três exemplos...

- Políticos - Penico = Povo
- Patrões - Penico = Trabalhadores
- União Europeia - Penico = Portugal

A verdade é que se o penico (objecto) já não é tão usado como outrora o seu significado continua muito vivo entre nós.

Estudasses.

"Lead us not into temptation, but deliver us from evil" (Matthew 6:13 KJV).


Um vergonha pá, uma palhaçada!

O BE que fala tanto dos recibos verdes não olha para os problemas estruturais do país nomeadamente: a blogosfera.

O Francis é Deus aqui e se ninguém diz nada ele reclama, se há muitos posts ele reclama. O Fernando Pobre que fica com pele de galinha sempre que lhe atropelam um post, atropela o dos outros elementos do blog sem pudor algum. E eu? Eu sou a preta. Vejo constantemente a minha pequena voz ser silenciada por estes dois déspotas. Louçã, pá estou aqui concetradissíma em dar aos meus adorados leitores (adoro a ironia) linhas de eloquência e o que ganho? Estou a ser ostracizada por estes dois e tu não dizes nada? Inútil.

Quando vocês menos esperarem o PND faz um tempo de antena dedicado a vocês. É. E os gajos do não sei das quantas Atlântico vão dizer que os gajos do norte os mandaram dizer que a culpa do país estar como está é vossa.

Vamos lá animar esta merda

Empresa alemã recompensa trabalhadores com orgia

Uma das maiores companhias de seguros do mundo proporcionou a um grupo de 100 dos seus melhores vendedores uma festa de recompensa pelos serviços prestados. Nada de novo, a não ser o facto de que o prémio foi terem à sua disposição 20 profissionais do sexo com ordem para fazerem «tudo o que eles quisessem».

O porta-voz de uma das empresas que pertencem à empresa-mãe, a Munich Re, avançou à BBC que a festa teve lugar em 2007 numa estância termal na capital da Hungria, Budapeste.

De acordo com esse mesmo porta-voz, tratou-se de uma recompensa aos seus colaboradores, adiantando também que as pessoas que estiveram envolvidas na organização da festa já não trabalham para a Munich Re.

O Handelsblatt, um jornal alemão, cita um participante nessa orgia que conta que as prostitutas usavam pulseiras coloridas nos braços. Cada cor indicava a quem ‘pertenciam’: as que tinham uma pulseira branca, por exemplo, estavam reservadas para os membros do conselho de administração e para os melhores vendedores.

A mesma fonte avança que as prostitutas eram levadas para os quartos e que ai cada um «podia fazer com elas o que quisesse». Depois do serviço prestado era colocado um carimbo no braço da mulher «de forma a que fosse facilmente visível o número de vezes que cada uma tinha sido ‘visitada’».

She Don't Hear Your Prayer - Cousteau



Um irlandês das docas com uma voz fantástica.
Porque me apeteceu, porque adoro Cousteau.
Porque querem acabar com o Serviço Nacional de Saúde. Porque são uns ambiciosos e quiseram criar uma crise politica, porque a agenda deles não é a do país.
Porque os paquistaneses precisam de comer bifanas em Évora.
Sr Dr Sr Dr, não seja demagogo.

Os amigos do Pinto de Sousa andam a apanhar na cabeça que nem gente grande

Dois grandes amigos do Sócras, o Sr. Zapatero (um dos melhores amigos dele) e a Sra. Merkl (a tal que chorou quando o PEC 4 foi chumbado), levaram ontem duas tareias monumentais na eleições ocorridas nos seus países.

Vou recuperar um pouco do orgulho em ser português (que o Sócras me tirou por completo) no dia em que removermos esta nódoa.

Dia 6 de Junho vamos todos poder levantar a cabeça e dizer: "Nós também não queremos mais daquilo. Acabou-se"

Os Marretas

Com as férias na Liga Portuguesa de Futebol chegam também as férias d'Os Marretas. Lembram-se daqueles dois senhores que surgem no final do episódio a fazer comentários espirituosos? Excelente, e eles não vos fazem lembrar ninguém? Vá pensem bem...

Eles escrevem aqui no blog um é do Sporting outro é do Benfica. Da varanda dos seus computadores eles debitam com notável presença de espírito a opinião que formaram após o final de cada jornada. Opinião esta, que muitas vezes não se limita ao seu amor cabalístico, mas é igualmente alargada aos outros clubes que figuram na Liga.
Têm um espírito critico tal como Statler e Waldorf, todavia as semelhanças vão mais longe e eles partilham com estas simpáticas personagens d'Os Marretas alguma surdez. Esta surdez já foi estudada pelos mais conceituados cientistas e não está relacionada com alguma falha do aparelho auditivo e sim com... digamos... não é bem teimosia, vamos colocar isto de outra forma: eles são tão convictos da sua opinião que a audição fica comprometida. Vai daí eles ficam ali 9 posts atrás a discutir quem marcou o golo X no jogo Y. E se um ainda fala do very light o outro remata com o Clube dos Viscondes e suas falhas reais. E assim se inicia um diálogo animado. De uma coisa podem estar certos passem os anos que passarem a cadência da discussão entre estes dois marretas não muda, um dia vão-me dar razão mesmo que não admitam.

Não sei bem quem será o Statler e quem será o Waldorf, mas de uma coisa podem estar certos caros visitantes deste humilde blog: com o arranque da época 2011/2012 os nossos Marretas favoritos acordam do sono de beleza, sempre com a finalidade de vos brindar com a opinião mais objectiva e clara acerca de cada jornada da Liga.

Rui Santos aproveita o teu reinado porque os meninos vão voltar a ocupar os seus postos na varanda.

Riquezinhas dos meus olhos, Francis e Fernando Pobre: quando é que mudam os vossos nomes para Statler e Waldorf?

ps) Se alguém tiver dúvidas de que estes dois são mesmo dois marretas faça o favor de abrir a caixa de comentários deste post...

Sunday, May 22, 2011

Tempo de Antena


Por variadas vezes os partidos ditos mais pequenos reclamam que têm poucos deputados na Assembleia da República, logo, "pouca voz".

Pois, corrijam-me em caso de erro, porém tenho ideia que o tempo de antena serve para que com mais ou menos encenações todos os partidos - sejam quais forem as suas dimensões - durante um período de tempo estipulado expliquem aos eleitores o que pretendem fazer pelo país (no caso das eleições legislativas) e desta forma angariar votos. Certo?

Hoje assisti ao Tempo de Antena e qual não foi a minha surpresa quando vi o Partido Nova Democracia apresentar, numa sátira de baixa qualidade, o seu objectivo para as legislativas de 5 de Junho: tirar Alberto João Jardim do poder.

Ora estarei enganada ou esta ida às urnas tem como finalidade a eleição do próximo Primeiro Ministro de Portugal? O Alberto João Jardim é candidato a PM e ninguém avisou o mundo?

Ao ver aqueles instantes bizarros eu conclui que Portugal é a Madeira, sim porque fazendo uso de uma sinédoque foi essa a ideia com que fiquei (admito que seja uma sinédoque excêntrica, pois eles só falam na Madeira num momento do qual seria suposto falar do e para o país em geral... portanto não deve ser ignorância dos senhores do partido em causa e sim uma figura de estilo). É então possível notar que são claramente um partido de poetas, capazes de construções frásicas que conferem sempre aquele toque de classe e nível do qual qualquer Tempo de Antena carece.
Mais, sempre que o PND surgem no Tempo de Antena os seus militantes deviam gritar: "Vá Merkel bate lá esta sinédoque, anda cá se és mulher!".

Aos senhores do Partido da Nova Democracia: há objectivos e projectos para o país, ou, com a cegueira perderam o bom-senso e a consequente noção do ridículo?

O Tempo de Antena do Partido Nova Democracia é a prova de que um conjunto de pessoas que raramente recebem atenção do grande público, quando tem a oportunidade de falar às massas perdem-se num patético deslumbramento desperdiçando de forma infantil a oportunidade que tantas vezes reclama - estranhamente sufocados pela própria voz.

Cá está esse momento de ouro...

Cruzada anti-Sócrates

A campanha eleitoral começa hoje. Tenho para mim que a derrota do Sócrates deve ser encarada como uma missão e um desígnio nacional. Pela minha parte, farei tudo o que estiver ao meu alcance o afastar do poder.

Portanto, nestas duas semanas publicarei (com início no dia de hoje), todos os dias, um post anti-Sócrates. É o meu modesto contributo para a guerra que se avizinha.

Vasco Pulido Valente (Público de hoje)

"Numa conferência qualquer, um espectador, Peter Villax, de resto um indivíduo bem educado e calmo, resolveu declarar directamente ao primeiro ministro que nem sempre "os seus actos (do primeiro ministro) reflectiam as suas palavras". Sócrates, de cabeça perdida, respondeu a Villax que não lhe "reconhecia nenhuma autoridade moral" para o criticar. E proibiu mais perguntas. É este o homem em que muita gente se prepara para votar. Votará. Mas não vota num democrata."

Manifestação de ontem em Évora

Nas bancadas e também na plateia, abundavam cidadãos de origem africana e asiática, a maior parte deles trazidos pelo PS em camionetas desde Lisboa. Pelo menos seis autocarros partiram da capital, alguns com militantes da secção mais antiga do PS, na Avenida Almirante Reis, e outros com indianos do Martim Moniz.

No centro de Évora estavam também apoiantes vindos de Odivelas, Rio de Mouro e Cascais.

Estes figurantes foram remunerados pelo PS com comida (bifanas), LITERALMENTE.

Alentejanos estavam lá poucos.

Educação

O verme disse hoje que "eles querem uma educação diferente para ricos e para pobres". Este género de slogans demagógicos vai intensificar-se grandemente. Quanto a este, só digo duas coisas:

- A educação diferente para ricos e pobres já existe há muito.

- De facto, se Sócrates ganhasse, deixaria de haver essa educação diferente para ricos e para pobres. Os portugueses passariam a ser todos pobres.

Passos Coelho

Continua a dar tiros no pé e a dizer aquilo que pensa e quer fazer (ou seja, faz o contrário dos outros). Hoje disse que quer diminuir os feriados. Já começou a cair o Carmo e a Trindade (o Jerónimo já começou a queixar-se deste ataque aos "direitos" (?!) dos trabalhadores).

Passos, faz o que te digo: se não queres correr riscos, caga no que pensas e não dês hipóteses à demagogia. Promete, por exemplo, que vais aumentar os feriados (o que o que o tuga quer ouvir) mesmo que depois os reduzas.

PS (salvo seja)) até quando é que os desgraçados dos contribuintes vão continuar a sustentar a manutenção de um estádio onde é jogado unicamente um jogo por ano (e geralmente sem a presença do Benfica) ? quando é que se acaba com este desperdício ???

Já agora: alguma vez disse aqui que era 100% favorável a um estádio único para o Benfica e para o Sporting ?


UP DATE:

- O porto ganhou a taça de Portugal. Na conferencia de imprensa (da consagração) após o jogo foi logo na primeira resposta que o Vilas Boas falou no Benfica. Somos GIGANTES.

- Esta notícia (http://sol.sapo.pt/inicio/Sociedade/Interior.aspx?content_id=19734) dá-me imensa vontade de fazer um trocadilho, mas era de mau gosto, afinal de contas a senhora não tem culpa.

Apontamentos do dia de ontem

Vinda da praia passo pela porta de uma igreja que fica mesmo ao lado da porta de entrada do prédio. Por desígnios do Divino olhei lá para dentro e vi um cartaz que me fez cair o queixo "Fitness Club Jesus". Como será que funcionam? Rezam enquanto fazem exercício?

Devido a ter mandado cortar a MEO agora tenho um serviço muito melhor: uma antena de interior Que funciona melhor quando está desligada do que ligada. Estava Eu a ver as notícias na SIC quando algo me surpreendeu pela estupidez superada. 10 toneladas de tomate foram usadas numa imitação manhosa da tomatina em Espanha. Como é que é aquela história de haver gente com fome em Portugal?

Saturday, May 21, 2011

Os nomes

Como eu sou um ser facilmente irritável, até com alguns nomes me irrito.

Geralmente "temos", pelo menos, dois nomes: o nome completo e o nome abreviado (usado por diversas razões, nomeadamente profissionais).

Ora, irrita-me à brava que, no nome abreviado, não seja incluído o último apelido. Porquê ? não sei explicar muito bem, mas porque acho que sempre que se escolhe um outro nome que não o último essa escolha resulta sempre de uma questão de "cagança" e eu odeio "caganças". Pega-se no nome completo, vê-se qual é o mais "sonante" (mesmo que seja o segundo) e omite-se o último se for um Silva, um Sousa, um Pereira, um Gomes ou um Santos.

Eu não gostava de ser pai de alguém que, no seu "nome de guerra", por uma questão de peneiras, omitisse o meu apelido, pelo facto de o mesmo ser vulgar.

Em resumo, tenho para mim que quando alguém reduz o nome para o primeiro e outro qualquer que não o último, em geral se trata de alguém insuportavelmente peneirento e que só se preocupa com a imagem (é isso que sucede com todos os casos que conheço, sem excepção).

E eu não gosto de pessoas que são insuportavelmente peneirentas e que só se preocupam com a imagem, como por exemplo o José Sócrates Carvalho Pinto de Sousa.

Ps) Já agora, também me irritam solenemente aqueles que escrevem o nome na correspondência adicionando o título académico, como, por exemplo, "Dr. José dos Anzóis" ou "José dos Anzóis (Dr.)". Até fico com pele de galinha …

Ainda assim, nada que se compare quando me telefonam e dizem "Daqui fala o Dr. José dos Anzóis", característica esta que tenho para mim que só se resolve com recurso à violência.

Conversa de tabacaria

Gosto de ouvir conversas alheias, e este meu gosto está relacionado com a minha mania de apreciar perceber melhor como cada um pensa e não com cusquice.

Hoje de manhã na tabacaria vi um senhor a falar com a dona enquanto olhava os jornais e revistas abanava a cabeça com decepção. Antes de pagar o jornal e o tabaco o senhor olha para a dona e diz "É uma vergonha. Fomos pagos para deixar de produzir e agora somos criticados por não produzirmos. Quem depende de outros é sempre criticado por dois motivos: porque sim e porque não".

Foi das poucas vezes que não ouvi falar de futebol ali.

Eu juro que acho fofo


Quem nunca viu nos telejornais ou programas da manhãs levarem quem nunca viu o mar a uma praia?

Ora eu já não vou para nova, sim já tenho 118 e combinei com o Engenheiro da Vida que 120 anos era o meu prazo de validade. E aos 118 já vi o mar e a neve e até já andei de avião. Todavia... Eu sou uma senhora que nasceu dotada de um bom gosto apuradissímo e nunca tive uma mala Prada, um par de botas Chanel, nunca tomei o pequeno-almoço em Paris tendo por pano de fundo os "Campos do Elísio". Conseguem imaginar a minha tristeza e sofrimento?

A minha questão é simples: para quando uma preocupação centrada no verdadeiro bem-estar das pessoas?

Têm dois anos para angariar verbas. Agora vou à Gina fazer uma "mize" e umas madeixas, se não houver muita gente ainda faço a depilação.

Já agora porque motivo o Manuel João Vieira não se candidata a Primeiro-Ministro? Agora o Maxime fechou e tudo ele tem mais tempo livre. Manuel João Vieira, definitivamente o filho que eu gostaria de ter parido.

Ps) Também nunca usei natalina, mas dizem dá uma boa pedrada. Também não gostava de morrer sem me drogar, alguém sabe onde se vende naftalina sem alfazema?

Friday, May 20, 2011

DSK, o sabonete e a funcionária - A verdade dos factos

Atenção ao segundo 18

Os charters, os chineses, o Futre e os outros.

Grande negócio ( PONTO ). É assim que se diz hoje em dia, certo ?
Há gente, pouco informada, que continua a gozar com esta ideia. Eu, que já vivi isto por dentro, em Macau, o facto de ter jogos de bola à hora de jantar em Bangkok, Singapura, Tóquio, Manila etc etc, com os bares cheios de ocidentais, mas acima de tudo orientais para verem jogadores com quem se identificam, a dar pontapés na pelota, vos garanto que é um brilhante negócio. E não, não foi o Paulinho do Montijo que o inventou.
Óbviamente que não vão haver charters de conas atravessadas para Portugal, enquanto o clube não ganhar, mas que se torna conhecido lá no sítio, onde se vende tudo e mais alguma coisa aos magotes, isso é um facto.
Vou-me repetir, pela última vez, porque acham vocês que se joga em Inglaterra às 12h ? Para abrir o apetite a meia dúzia de bêbados ? Não, foda-se, para dar no Oriente às 20H, para terem milhões de gajos sem nada para fazer a ver a bola. É difícil ?

ps; agora vou preparar o meu rebento, com óleos orientais e massagens, amanhã estamos na serra de sintra em sessão fotográfica. Ah pois é, não joga à bola, mas fotografa. Descansai, mentes malditas, que eu o protejo, e o Carlos Castro já quinou.

Ganda Xica, chavala do catano. Quem bebe assim não merece ir presa.

Uma magistrada do Ministério Público foi detida em Cascais por um agente da Polícia Municipal por estar a conduzir em contramão e com uma taxa de alcoolemia de 3,08g/litro de sangue, o que constitui crime. No entanto, mais tarde foi libertada por um procurador seu colega.

É assim a vida em Portugal, quem pode pode. Azar teve o gajo do FMI não ter tentado papar uma gaja em Portugal. Estudasse.
Adenda:

"E se o Strauss-Khan tivesse tentado violar uma empregada de hotel portuguesa?
A empregada dificilmente faria queixa, com medo de represálias, designadamente de ser despedida.
Se a empregada fosse destemida, estivesse farta do emprego e fizesse queixa na polícia, o mais provável é que o polícia lhe dissesse para ter juízo e não se meter com trutas e ela desistia da queixa.
Se o polícia fosse chanfrado e/ou completamente inexperiente e desse seguimento à queixa, o mais provável é que Strauss Khan já estivesse a meio caminho de Paris quando a polícia chegasse ao aeroporto para o interpelar.
Se, por um bambúrrio de sorte, a polícia o conseguisse prender antes de ele sair do país, o mais provável seria ele ser ouvido por um magistrado que lhe fixava termo de identidade e residência, sendo que ele, na primeira oportunidade, punha-se a milhas porque tem mais que fazer do que aturar juízes atacados por excessos de zelo.
Se, por alguma razão inexplicável, o velho Khan ficasse em prisão preventiva:

1. No dia seguinte o Jornal Público traria um artigo do Dr. Mário Soares verberando a sede de protagonismo de alguns senhores magistrados que não hesitam perante nada para dar nas vistas.

2. Marinho Pinto desdobrar-se-ia perante diversas estações de televisão clamando que os juízes declararam guerra aos políticos e agora já prendem quem nos dá o pãozinho com manteiga, in casu, qualquer coisa como 78 mil milhões de euros que o maluco do juiz está a pôr em perigo; é pior do que nos tempos da PIDE.

3. O ministro da justiça diria que não compreende como é que um homem acima de qualquer suspeita é preso por um juiz português apenas com base num depoimento de uma pessoa, mas que irá pedir ao Conselho Superior da Magistratura para instaurar um inquérito no sentido de se apurarem responsabilidades, designadamente disciplinares.

4. Os chefes dos grupos parlamentares do PS e PSD dariam conferências de imprensa em que a nota dominante seria a de que é muito complicado viver num país em que os senhores juízes pensam que são governo e parlamento, não sabendo fazer a distinção que se impõe na óptica da separação dos poderes (o CDS, o BE e o PCP não diriam nada, alegando que há que respeitar o segredo de justiça, mas nas entrelinhas e em "off" deixariam escapar que é incrível o estado de completa roda livre a que a magistratura chegou).

5. As várias Tvs fariam alguns inquéritos de rua em que alguns populares apareceriam dizendo que a “estúpida da preta” (não esquecer que a empregada vítima de tentativa de violação é negra) está mas é a ver se saca "algum" ao Strauss Khan, que toda a gente sabe que é milionário.

6. A presidência do conselho de ministros faria sair uma nota oficiosa indicando que mais uma vez se prova que se a oposição não tivesse irresponsavelmente inviabilizado o PEC IV, a reorganização judiciária já estaria em marcha, impossibilitando os protagonismos dos senhores juízes demasiado cheios de si próprios.

Azar dos azares: Strauss Khan não tentou violar ninguém em Lisboa – fê-lo em Nova Iorque.

Por isso ficou em prisão preventiva, tendo a juiz recusado a sua oferta de prestação de caução no valor de 1 milhão de dólares, e arrisca-se a ser condenado a uma pena de prisão efectiva de 25 a 70 anos.

Moral da história: em países em que a justiça é mesmo a sério, convém não pisar o risco; nos outros, é o que se quiser, à fartazana."


Um notícia que me encheu a alma de tristeza

"O caminho da comitiva do FC Porto rumo à Av. Aliados não está a ser nada fácil, já que o autocarro que transporta a equipa avariou-se por três ocasiões, desde a saída do Aeroporto Sá Carneiro, em Pedras Rubras.

A viatura teve problemas mecânicos e foi obrigada a parar já por três ocasiões, dificultando o trânsito na VRI, no trajecto rumo à Av. Aliados.

Dessa forma, a chegada à Baixa portuense atrasou-se consideravelmente, ultrapassando a hora inicialmente prevista."


Thursday, May 19, 2011

Paulo Futre


Desconheço se há temas definidos para os pais tratarem com as filhas, mas se há tema que não falta sempre que converso com o meu pai é futebol. Aliás o meu pai é tão querido que semanalmente avisa-me a que horas é o jogo do Glorioso. Hoje ao telefone dizia-me ele: "Tu já viste bem que agora o Futre aparece em todo o lado? Do nada o gajo passa a ser falado porque disse uma série de bacoradas, até lançou um livro!".

Não deixa de ter razão. Teve, porque teve, o seu brio como jogador e em 87 quase que deixava a nação portuguesa a babar de orgulho. O certo é que ele estava na prateleira futebolística da memória da maioria das pessoas e depois daquela conferência de impressa surreal aquando das eleições para o Sporting, Paulo Futre renasceu para o mundo. E a vida não lhe corre mal... Surge em cartazes anunciando o Licor Beirão, e como diz o meu pai, até lançou um livro! Coincidências do destino ontem folheei o livro do Futre, não sei que capitulo era aquele só sei que ele ameaçou dar um tiro no joelho ao Dani caso o tipo não ganhasse juízo. Vi logo que o Futre era um verdadeiro homem do Montijo.

O Futre tem, ou aparenta ter, uma qualidade que aprecio: a capacidade de se rir dele próprio. E é por isso que após aquela conferência de imprensa "exótica" o tipo corre tudo o que é canal de televisão.

Todavia... eu gosto do exercício de futurologia, depois dos anúncios e do livro que espera Paulo Futre?

- O lançamento de um CD?
- Entrar num programa para "famosos" da TVI?
- Um romance com a Cinha Jardim?
- Novo Secretário de Estado do Desporto e Juventude?
- Presidente da Liga?

Não vi o jogo de ontem mas já sei o mais importante

1. O golo foi marcado em fora de jogo;
2. O Sapunaru devia ter sido expulso e não foi;
3. No final os jogadores exibiram, orgulhosos, as bandeiras dos seus países. Não se viu uma única bandeira portuguesa.

Eu bem sabia que não devia ver aquilo. Há um certo e determinado número de coisas que, mesmo repetindo-se à exaustão, nunca deixam de me meter nojo.

Wednesday, May 18, 2011

Questões que não interessam ao Menino Jesus - I


Esta questão atormentou-me durante 5 minutos de cada jornada da liga portuguesa: como é que o Hulk com um rabo daquele tamanho consegue ser tão rápido?

Devem ser uns balões com hélio que o tipo usa debaixo dos calções ou então é aquele gás que os gajos do chuning usam nos carros.
Qualquer coisa manhosa se passa ali.

Provérbios novos






Em Janeiro sobe ao outeiro; se vires verdejar, põe-te a cantar, 
se vires o Sócrates, põe-te a chorar

Quem anda à chuva molha-se; quem vota em Sócrates lixa-se.

Ladrão que rouba a ladrão tem cem anos de perdão; parvo que 
vota em Sócrates tem cem anos de aflição.

Gaivotas em terra temporal no mar; Sócrates em São Bento o 
povinho a penar.

Há mar e mar, há ir e voltar; só vota em Sócrates quem se 
quer afogar.

Burro carregando livros é um doutor; burro carregando o 
Sócrates é burro mesmo.

Peixe não puxa carroça; votar em Sócrates, asneira grossa.

Amigo disfarçado, inimigo dobrado; Sócrates empossado, 
povinho lixado.

A ocasião faz o ladrão e de Sócrates um aldrabão.

Antes só que mal acompanhado ou com Sócrates ao lado.

A fome é o melhor cozinheiro, Sócrates o melhor coveiro.

Olhos que não vêem, coração que não sente, mas aturar o 
Sócrates, não se faz à gente.

Boda molhada, boda abençoada; Sócrates eleito, pesadelo 
perfeito.

Com Sócrates e bolos se enganam os tolos.

Não há regra sem excepção, nem Sócrates sem confusão.  

Foi levantada uma questão importante!


Dizem que sexo oral é bom, é que corre por aí. Mas aqui surge um problema: a higiene. Mais precisamente a pouca ou completa ausência de higiene, tanto da boca como das partes pudendas.

- Quem deve tutelar esta temática? Ministério da Saúde?
- Deviam existir auditorias externas?
- Um livrete comprovando que a pessoa examinada pode fazer e receber sexo oral?
- O conjunto de inspectores do sexo oral poderia ser chamado de "Brigada da Língua Azul"?
- E se os exames forem gratuitos os inspectores levam a mal se no dia seguinte não receberem flores ou um telefona do/a examinado/a?
- Caso os exames sejam pagos o acto de examinar é considerado prostituição?
- Pessoas com aparelho nos dentes carecem de licença especial?
- Quem chumbar no exame como é? A pessoa fica com um autocolante nas partes a dizer "Queres rambóia vai à volta"?


Que normas higiénicas propõem vocês para uma prática adequada do sexo oral?

Tuesday, May 17, 2011

Please...

Depois de 12 folhas de cálculo, com 15 a 20 items cada, com somas, mutiplicações, percentagens, preço de custo, preço de venda, margens etc etc e o caralho mais velho, aquilo que me sabia mesmo bem era sexo oral, há alguma voluntária ? É que me sabia mesmo bem.
Foda-se.







ps; estamos a 15 dos 190,000, é bonito, digo eu!

Empresa de transporte animal low cost

Totalmente portuguesa surge em tempo de vacas magras e sempre com o intuito que deixar o cliente satisfeito.

Fernando Pobre ensaia a sua dança para a campanha do NSD em Lisboa

Gostaria de ter uma escada rolante?

Optimismo do povo

O mundo que esteja tanquilo que o nosso tuga vai tratar da situação

Dominique Strauss Kahn parece que botou a foice em seara alheia.

A vítima nigeriana que nada tema, para onde foi mandado Dominique Strauss Kahn? Para Rikers Island, quem é que também lá está? O português Renato Seabra. Ora o ex-senhor FMI já com alguma idade, cabelo branco o Renato pensa que é o CC que reencarnou e vai ser um forrobódó no páteo da prisão... Upa, Upa...

O gajo ainda nos vai reduzir a dívida renegoceia aquilo que é um mimo, ainda vamos ter a estátua do Marquês substituída pela do Renato Seabra.

Vamos confiar na juventude tuga.

Não resisto a atropelar-vos... Anal e Oral ? Grande malandro...


O gajo do FMI, segundo esse grande pasquim Correio da Manhã, foi acusado de sexo anal e sexo oral.
Algum português se queixou de ter sido enrabado pelo FMI ? Algum grego se queixou de praticar sexo oral ao dito senhor para tentar baixar os juros ? Algum irlandês foi abusado de ambas as duas maneiras quando estava a cair de bêbedo em Dublin ? Sexo anal a algum país ?
Eu diria que, se isto é uma acusação, assim a frio como demonstra o título da capa do CM, eu diria que íamos todos dentro. Eu ia preso algumas 958 vezes.
E vocês ? Ah não gostam. Sei. É. Incha.

ps; estou mais descansado, afinal o Aimar não levou 2 galhetas, a namorado do Sálvio é mentirosa. Toma.

Os se's

Se Portugal fizesse umas cábulas porreiras sobre como promover o turismo, a economia, a inovação e mais uma série de pontos importantes seria um País, assim é um projecto. Se os políticos quando sentam o rabo nas cadeiras que os votos e a abstenção lhes oferece tivessem as mesmas ideias que têm quando não estão nelas aí talvez isto já não fosse um projecto de país, não achas Freitas pá?

Se não houvesse mais olhos que barriga não haveria boa parte do país com empréstimos a enforcar as famílias. Eu ainda sou do tempo em que passava em frente aos bancos e havia anúncios para empréstimos para a compra de material escolar (WTF?). Enquanto deu foi até rebentar, é o mais normal no português "'Bora que quando isto der merda vamos de joelhos a Fátima!". Qual é o problema das pessoas em entender que só podem gastar o que ganham e que caso passem esse limite começa a bola de neve? Ah ok, eu sou bruto e fui ensinado a lidar com dinheiro por gente rude. É isso. Comprem pá, peçam empréstimos para comprar sapatos e roupa depois já sabem a Santa Casa leva a sopa a casa que a D.Maria Pia criou uma instituição de valor. E se o banco vos colocar muitas barreiras têm sempre a Cofidis com juros a 20% (até faz lembrar os juros cobrados pelos bancos na última intervenção do FMI em Portugal na década de 80).

Se não se vivesse sobretudo da imagem não havia gentinha a ir a lojas de marca já consideradas caras que leva meia loja numa semana e na semana seguinte quer ser reembolsada porque das 500 peças de roupa que levou todas têm defeito. Mas não há vergonha na cara?

Clubismos de parte, os tipos do FMI devem ter ficado espantados connosco "Já viste os tipos em Portugal nos jogos de futebol atiram bolas de golfe e telemóveis! Que nível! Que riqueza financeira, afinal querem a nossa ajuda para quê?".

As pessoas são estúpidas por si só mas em conjunto o grau de parvoíce é alarmante, perdem a réstia de bom-senso com que nasceram. Ficam desorientadas fazem compras exorbitantes e não sabem canalizar os recursos financeiros que têm (qualquer que seja a abundância dos ditos).

E se o FMI assim num momento de loucura decidisse criar uma universidade para países? Sim! Com diversas cadeiras e cada país inscrevia-se naquelas cadeiras que mais precisava. Surgir o empréstimo e a vigilância do que é feito com o dinheiro não chega, é necessário consolidar um conjunto de conhecimentos com a finalidade de evitar o caminho puramente cíclico.

Um informático já me disse que "a maior falha nos sistemas de segurança informático o elemento humano", e eu extrapolo a frase dele a maior falha da nossa história somos nós próprios em todos os campos.